Ouça a Rádio Ao Vivo

Tragédia: médico de Cachoeiro morre afogado em Marataízes

Foto: arquivo

Uma tragédia marcou a terça-feira (13) de Carnaval. O médico cachoeirense Gedeão César Seraphim, de 72 anos, morreu afogado na Lagoa do Siri, em Marataízes.

De acordo com informações de salva-vidas, o médico faleceu após resgatar a neta que afogava. Eles estavam em uma parte mais profunda da lagoa. O corpo, que estava submerso, foi encontrado após uma hora de buscas.

Velório e Sepultamento

O velório do Dr. Gedeão César Seraphim está sendo realizado nesta manhã na Primeira Igreja Presbiteriana, localizada na rua Moreira, no bairro Independência.

Já o sepultamento será realizado às 12h, no cemitério municipal do bairro Coronel Borges.

Notas de pesar

O prefeito de Cachoeiro de Itapemirim Victor Coelho lamentou a morte através de uma postagem na rede social X:

“É com muita tristeza que recebo a notícia do falecimento do Dr. Gedião Serafim. Médico muito respeitado em Cachoeiro, me ligou recentemente para apresentar projeto na área da Saúde. Infelizmente não deu tempo. Que Deus conforte o coração da família e amigos nesse momento de dor”.

A Unimed Sul Capixaba, onde o médico era cooperado emitiu uma nota de pesar:

“A Unimed Sul Capixaba está de luto. É com profunda tristeza que comunicamos o falecimento do cooperado Gedião César Seraphim, gastroenterologista de Cachoeiro de Itapemirim e marido da cooperada pediatra Stélida Helena Cozer Seraphim”.

A Câmara Municipal de Vereadores, que homenageou o médico em 2016 como o Cachoeirense Presente n° 1, emitou um comunicado demonstrado tristeza pelo ocorrido. 

“A Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim lamenta, com imenso pesar, o falecimento do médico Gedião Cesar Serafim, por esta Casa homenageado como Cachoeirense Presente Número 1 de 2016.

O gastroenterologista, que se apresentava como “cachoeirense por nascimento e opção convicta”, era não apenas um ser humano ético e solidário, mas um médico de grande competência técnica e responsabilidade social, cuja vida profissional foi dedicada à comunidade e às instituições, tendo deixado seu nome marcado na Medicina do Espírito Santo.

Apresentamos nossos pêsames à família e à grande legião de amigos que choram essa partida precoce e repentina, aos quais nos juntamos para prestar honras à memória de Doutor Gedião e ao seu legado de amor ao próximo, à profissão e a Cachoeiro.

Brás Zagotto, Presidente

(Em nome de todos os vereadores e servidores da Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim)”

O deputado estadual Theodorico de Assis Ferraço também demonstrou estar consternado com a tragédia. 

“É com grande pesar que comunicamos o falecimento do nosso querido amigo Dr. Gedeão Cesar”, finalizou o parlamentar. 

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre