Ouça a Rádio Ao Vivo

Rodosol: governo fecha o cerco contra caminhões de grande porte

Heitor Righetti/Governo do ES

Com o fim do contrato de concessão, o Governo do Espírito Santo reassumiu há um mês o controle da autoestrada ES-060 (Rodosol) e aboliu o pedágio da via, uma importante conexão entre a Grande Vitória e o litoral sul capixaba. 

Porém, expressivo fluxo irregular de caminhões de grande porte, que buscam evitar o pedágio e a balança na BR-101, tem sido observado na autoestrada. 

A partir de agora, fica proibido o tráfego de caminhões com PBT superior a 23 toneladas na ES-060 entre o km 33, na altura do retorno e bairro Village do Sol, ao km 39, no retorno e trevo de Setiba. 

Além disso, fica restrito o tráfego de caminhões com PBT superior a 23 toneladas no entroncamento com a ES-477, no trecho próximo à antiga praça do pedágio, até o entroncamento com a ES-388, próximo à BR-101. As normativas serão publicadas no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (24).

A regulamentação é feita pelo Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) e do Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espírito Santo (DER-ES). Entre as rotas disponíveis, estão a ES-388, Darly Santos e a própria Rodovia do Sol, até o km 33.

A medida, que conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Vila Velha, da Ceturb-Rodovias e do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) da Polícia Militar, visa a otimizar o fluxo de veículos na autoestrada e a mobilidade urbana. Como também garantir a segurança viária e a preservação da infraestrutura, da fauna e flora dos parques de conservação ambiental, pelos quais a Rodosol perpassa, e a eficiência do sistema viário.

“Há um mês nós assumimos a Rodovia do Sol e temos feito um trabalho para atender os usuários e promover segurança viária. Temos visto uma mudança no padrão dos veículos na região sul, constatando um volume alto de caminhões que buscam evitar o pedágio e a balança na BR-101 e acessam a Rodovia do Sol, e que não deveriam estar ali. Esses caminhões têm outras rotas disponíveis, especificamente projetadas para a movimentação eficiente de mercadorias”, argumenta o secretário estadual de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno.

As novas diretrizes contaram também com o apoio do vice-governador e Secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço. E foram alinhadas entre os órgãos em agenda na última quinta-feira (18), que teve a participação do deputado federal Victor Linharis e de empresários da região, além do prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo. 

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Motorista de caminhão morre preso às ferragens em São José do Calçado

Assaltante é detido e produtos recuperados pela PM em Guaçuí

Colisão entre dois veículos deixa três feridos em Itapemirim

Duas motos recuperadas pela GCM em Cachoeiro na tarde desta sexta-feira

Vídeo: Homem morre dentro de casa noturna em Ibatiba

PP define data da convenção para confirmar candidatura de Ferraço

Resgate de cadáver no Itapemirim chama atenção no centro

Bebê amanhece morto em casa