Ouça a Rádio Ao Vivo

Nova linhagem do Coronavírus detectada no Espírito Santo

Foto: divulgação/Sesa-ES
A Secretaria da Saúde (Sesa) confirma, nesta quinta-feira (13), a detecção da nova linhagem do Coronavírus, KP.2, no Estado. Essa é a segunda ocorrência da variante no Brasil e na América do Sul, tendo sido previamente identificada em Brasília em uma amostra coletada em 09 de maio de 2024. A nova linhagem, KP.2, faz parte das chamadas variantes FliRT, conhecidas por suas mutações específicas.

Esta variante tornou-se dominante nos Estados Unidos e foi responsável por um aumento significativo no número de casos em diversos países da Europa, Ásia e Oceania. A KP.2 tem três alterações na proteína spike em comparação com a variante JN.1, o que lhe confere uma maior capacidade de evasão imunológica.

Detecção e Vigilância Genômica

A identificação da KP.2 no Espírito Santo foi possível graças ao trabalho de vigilância genômica realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen/ES). A amostra foi coletada de um paciente residente em Vitória, no dia 14 de maio de 2024, e a confirmação da variante ocorreu após a rotina de sequenciamento do SARS-CoV-2.

De acordo com o diretor do Lacen, Rodrigo Rodrigues, a presença da KP.2 pode levar a um aumento significativo no número de casos nas próximas semanas, dado seu histórico de rápida disseminação em outras regiões.

A KP.2 é considerada parte da família Ômicron do Coronavírus e suas mutações compartilham características com outras variantes FliRT, que têm demonstrado uma habilidade significativa para evadir a resposta imunológica tanto de infecções anteriores quanto de algumas vacinas.

Diante dessa nova ameaça, a Sesa reforça a necessidade de que todos os cidadãos mantenham as medidas de proteção e fiquem atentos à etiqueta respiratória. “A vacinação continua sendo a principal ferramenta para combater a disseminação do vírus e a população é incentivada a completar o esquema vacinal e a receber as doses de reforço quando elegíveis”, destacou o subsecretário de Vigilância em Saúde, Orlei Cardoso.

Como funciona a vacinação contra a Covid-19

A partir de 2024, o Ministério da Saúde definiu que a vacina da Covid-19 como reforço será administrada na população com mais de 5 anos de idade pertencente aos grupos prioritários estabelecidos, além da inclusão da dose ao Calendário Nacional de Vacinação para crianças de seis meses a menores de 5 anos de idade.

Com a incorporação da vacina da Moderna ao Programa Nacional de Imunização (PNI), há a orientação das doses de reforço acontecerem anualmente ou semestralmente, a depender do grupo prioritário.

Os grupos prioritários são: Pessoas de 60 anos ou mais; Pessoas vivendo em instituições de longa permanência (ILPI e RI) e seus trabalhadores; Pessoas imunocomprometidas; Indígenas; Ribeirinhos; Quilombolas; Gestantes e puérperas; Trabalhadores da saúde; Pessoas com deficiência permanente; Pessoas com comorbidades; Pessoas privadas de liberdade (maior ou igual a 18 anos); Funcionários do sistema de privação de liberdade; Adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas; Pessoas em situação de rua.

Idosos a partir de 60 anos, imunocomprometidos a partir de 5 anos, gestantes e puérperas devem receber duas doses de reforço ao longo do ano, com um intervalo mínimo de seis meses entre elas. Os demais grupos prioritários devem receber uma dose de reforço anualmente. Além disso, pessoas acima de 5 anos de idade da população geral que não receberam nenhuma dose da vacina covid-19 poderão receber uma dose da vacina covid-19 XBB.

Fonte: Sesa/ES

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre