Ouça a Rádio Ao Vivo

Nota Premiada Capixaba: sorteio especial anual distribui quase R$ 400 mil dia 25

Imagem ilustrativa

O sorteio especial anual do Nota Premiada Capixaba, no próximo dia 25 de janeiro, vai distribuir quase R$ 400 mil em dinheiro aos premiados. Além dos prêmios mensais -um de R$ 20 mil, dois de R$ 5 mil e um de R$ 2,5 mil, para cada região -, é sorteado um prêmio de R$ 100 mil para cada uma das regiões: a metropolitana, a norte e a sul.

As entidades indicadas pelos premiados também ganham: as instituições receberão o equivalente a 50% das premiações, ou seja, um prêmio de R$ 50 mil, um de R$ 10 mil, dois de R$ 2,5 mil e um de R$ 1.250, além do rateio mensal, distribuído de acordo com o engajamento social de cada uma.

“O Nota Premiada Capixaba completou dois anos em dezembro e já se consolidou como o maior programa de educação fiscal do Estado”, comemora o auditor fiscal Pedro de Sá, subsecretário da Receita Estadual em exercício e gerente de atendimento ao contribuinte da Secretaria da Fazenda (Sefaz).

Pedro de Sá ressalta que o programa tem mais de 113 mil cidadãos cadastrados e 157 entidades sociais credenciadas. “A facilidade de participar é um dos atrativos do Nota Premiada Capixaba. O cidadão se cadastra no site uma única vez e concorre automaticamente aos sorteios mensais. Não precisa cadastrar as notas fiscais, é só informar o CPF em cada compra realizada”, destaca.

Como funciona

Cada R$ 1,00 em compras vale um ponto e a cada 50 pontos é gerado de forma automática um bilhete para concorrer aos sorteios. Para o sorteio especial de R$ 100 mil, são contabilizados os bilhetes emitidos ao longo do ano passado, limitado a 600 bilhetes por participante. Para participar do programa, os cidadãos devem se cadastrar no site www.notapremiadacapixaba.es.gov.br, preencher os dados pessoais e escolher uma entidade sem fins lucrativos para apoiar.

O Nota Premiada Capixaba é um programa de educação fiscal, que tem como objetivo o fomento da cidadania fiscal. Por meio do programa, pretende-se estimular a regularização cadastral das empresas, além de incentivar atividades desenvolvidas por entidades sociais.

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre