Ouça a Rádio Ao Vivo

Fogueira de Rio Novo cresce ainda mais e fica maior que um prédio de 8 andares

A fogueira da festa de São João Batista, em Cachoeirinha, Rio Novo do Sul, que já era conhecida gigante, ficou ainda maior este ano, atingindo a marca recorde de 26 metros de altura, um pouco maior que um prédio de oito andares, que geralmente tem 24 metros.

O fogueira será acesa neste sábado (22), às 22h30, mas as comemorações começam mais cedo, às 18h30, com celebração eucarística, seguida de quermesse e quadrilha. O dia do padroeiro é celebrado na segunda (24).

A construção da fogueira começou em 31 de maio e contou com a dedicação de voluntários da comunidade, sob a liderança do idealizador José Carlos Fachim, conhecido como Zezé Fachim.

Aos 75 anos, Fachim coordena a montagem do monumento com um entusiasmo contagiante. “Foi quase um mês com muito sol, muito esforço, mas deu tudo certo”, comemorou Zezé.

Para erguer a fogueira recordista deste ano, foram utilizadas aproximadamente 18 toneladas de madeira reaproveitada de árvores caídas ou doadas. A montagem é complexa, envolvendo um guincho e a fixação das madeiras de sustentação a pouco mais de um metro e meio abaixo do solo, além de cabos de aço para estabilização.

“A gente sobe a lenha na carretilha e vamos estabilizando com o cabo de aço. As madeiras usadas são de eucaliptos e coqueiros”, explicou Fachim.

Serviço:

Festa de São João Batista

  • Dia: sábado (22),
  • Hora: A partir da 18 horas
  • Local: Paróquia Santo Antônio de Pádua, na comunidade de Cachoeirinha, em Rio Novo do Sul
  • Entrada e estacionamento gratuitos

Programação:

  • 18h30: Celebração Eucarística (2° dia do tríduo)
  • 19h30: Quermesse de São João
  • 22h00: Quadrilha Junina
  • 22h30: Acendimento da fogueira

Tradição e História

A tradição de acender fogueiras na comunidade remonta há muitos anos. Zezé Fachim relembra que a primeira grande fogueira, construída em 2003, tinha apenas 7 metros de altura.

Desde então, as fogueiras foram crescendo, atingindo 12, 14, 16, 18, 21 e 23 metros nos anos subsequentes. Este ano, com 26 metros, a fogueira bateu mais um recorde.

O acendimento da fogueira é um evento aguardado com ansiedade. Programado para a noite do próximo sábado, a fogueira será acesa de cima para baixo, com fogos de artifício instalados no topo da estrutura, proporcionando um espetáculo visual para os presentes.

Significado Religioso

Acender fogueiras para os santos católicos em junho é uma tradição que começou com São João Batista. O padre Joselito Ramalho Nogueira, pároco local, explicou a origem desse costume.

“A fogueira é uma tradição das festas juninas, que envolve também Santo Antônio e São Pedro, mas que começou com São João. Isabel, para dizer a Maria que o filho dela tinha nascido, fez uma fogueira para que essa fumaça pudesse alertar a prima do nascimento de João Batista”, contou o padre Joselito.

fonte original do diaadiaes.com.br

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre