Ouça a Rádio Ao Vivo

Carnaval 2024: foliões desafiam a chuva no Rio em sábado de blocos como Cacique de Ramos e Desliga da Justiça

Ensaio do BlocoBuster, no Castelo, Centro do Rio — Foto: Guito Moreto – Ag O Globo

A menos de um mês do carnaval, este sábado marcou o início dos desfiles oficiais dos blocos no Rio. Se até o fim de semana passado, a rua era apenas dos cortejos independentes, sem permissão da prefeitura, a partir de agora também está aberta a temporada das 453 apresentações autorizadas pelo município. Com a mistura típica do Reinado de Momo decretada, o Centro do Rio foi palco hoje de ensaios de blocos como o Desliga da Justiça, que se prepara para comemorar seus 15 anos de existência, e do tradicional Cacique de Ramos. Nem mesmo a chuva moderada a forte que caiu na cidade conseguiu desanimar os foliões, que esbanjaram alegria e disposição para enfrentar as condições climáticas.

Para muitos, como a atriz Herika Sodré, de 31 anos, a chuva é uma aliada.

— A chuva vem de pouquinho em pouquinho, refrescando. Melhor do que aquele solzão. É só guardar as coisas em alguma bolsinha de plástico e está tudo certo — afirma a foliã.

Mau tempo não espantou os foliões — Foto: Isabella Cardoso
Mau tempo não espantou os foliões — Foto: Isabella Cardoso

Apesar de ainda ser a fase de ensaio, os foliões mostraram que a folia vai rolar com muita criatividade e muitos já começaram a gastar o estoque de fantasias e adereços. Em um look composto por hot pants, cropped, blusa “arrastão” colorida e glitter no rosto, Herika expressou sua paixão pelo bloco, cujo repertório vai de Nirvana a Gaby Amarantos.

— Eu comprei essa fantasia no ano passado e não usei. Vou comprando e estocando. Na abertura do carnaval, eu já vou usando fantasias — disse ela, que completou: — Adoro esse bloco porque faz releitura de umas músicas ótimas. Cantaram, por exemplo, a abertura da série “Friends”. Então traz umas memórias boas para a galera que tem mais de 30.

No bloco que tem o nome inspirado na Liga da Justiça, a fantasia de Mulher Maravilha é a mais comum. Gustavo Rad, de 41 anos, vem de Londres, onde mora, todo ano para curtir o carnaval no Rio. Curtindo o Desliga da Justiça, ele apostou em um look inspirado na personagem e ainda foi combinando com outros dois amigos.

— O Desliga da Justiça é um bloco inspirado nos super-heróis, então combinamos de todo mundo se fantasias de Mulher Maravilha. Gosto da energia de fantasia porque deixa tudo mais alegre — conta ele.

Já a psicóloga Fabiana Campos, de 48 anos, apostou num rabo de cavalo bem carnavalesco no ensaio.

Fabiana Campos, de 48 anos, apostou num rabo de cavalo bem carnavalesco no ensaio.  — Foto: Isabella Cardoso
Fabiana Campos, de 48 anos, apostou num rabo de cavalo bem carnavalesco no ensaio. — Foto: Isabella Cardoso

— Já vou comprando vários acessórios no Centro do Rio para ir montando durante o carnaval, de acordo com o dia.

Depois do Desliga da Justiça, Fabiana, a maratonista de blocos, ainda aproveitou o ensaio do Cacique de Ramos, na Cinelândia.

Apresentação Cacique de Ramos — Foto: Guito Moreno
Apresentação Cacique de Ramos — Foto: Guito Moreno

Por lá, os foliões não tiveram que se preocupar com a chuva. O bar montou uma grande estrutura com lona e tinha até revista para entrada, apesar do acesso ser gratuito. O clima, no entanto, era mais de roda de samba do que de bloco, com poucas pessoas fantasiadas. Mas não desagradou a quem foi. Pelo contrário, a festa estava animada com direito a DJ tocando funk nos intervalos em que os integrantes do bloco descansavam.

– É a minha primeira vez no Cacique de Ramos e estou curtindo. Sou de Juiz de Fora e na minha cidade não tem bloco tão cedo assim. Volto pra lá no domingo, mas no carnaval venho para o Rio de novo – garante a farmacêutica Carolina Schettino, de 28 anos.

Michaelle Stivanello fez questão de prestigiar o ensaio do bloco com o tradicional cocar — Foto: Isabella Cardoso
Michaelle Stivanello fez questão de prestigiar o ensaio do bloco com o tradicional cocar — Foto: Isabella Cardoso

Em 2024, em homenagem aos 40 anos do Sambódromo, o Cacique e o Cordão do Bola Preta terão a honra de abrir as duas noites de desfile do Grupo Especial. Feliz com a notícia, a veterinária Michaelle Stivanello fez questão de prestigiar o ensaio do bloco do bairro onde mora e ainda compareceu com o clássico cocar.

– Já desfilei no Cacique algumas vezes. Sou de Ramos, então frequento desde criança e tenho uma relação afetiva com o Bloco. Sempre que dá venho prestigiar, seja desfilando ou no ensaio – diz ela, que pretende ir ao desfile do bloco oficial e, se não estiver trabalhando, no desfile na Sapucaí.

Enquanto isso, o Bloco Aconteceu acabou cancelando o ensaio programado para este sábado nas ruas de Santa Teresa por conta da previsão de chuva forte. Além dos foliões, os ambulantes e vendedores de comida também ficaram tristes com a notícia.

– Eu trabalho na Monte Alegre, rua em que foi marcado o ensaio, há mais de 20 anos. Então, estaria aqui de qualquer jeito. Pensei que iria lucrar hoje, mas infelizmente o ensaio foi cancelado – lamentou o vendedor de churrasquinho Moacir Gonçalves.

Mais blocos neste domingo

Neste domingo, a programação também está recheada de blocos, além de ensaios técnicos da Unidos da Tijuca e da Portela na Marquês de Sapucaí, com entrada gratuita. Veja a programação de blocos deste dia 14 de janeiro:

  • Bloco Céu na Terra — das 11h às 18h, na Fundição Progresso, na Lapa. O bloco se reúne para um ensaio com convidados, entre eles, Mulheres Rodadas e DJ Beyssac.
  • Alegria de Vila Isabel — às 11h, no Boulevard 28 de Setembro, 299, em Vila Isabel.
  • Bloco Percussaça — às 13h30, na Pedra do Sal, na Saúde.
  • Os Biquínis de Ogodô Convidam as Sungas de Odara — às 15h, no Joe & Joe Hostel, no Largo do Boticário, 26, no Cosme Velho.
  • Fogo e Paixão + Haja Amor — às 16h, no Casarão do Firmino, na Rua da Relação, 19, no Centro. O ensaio aberto também terá roda de samba com Samba à Bangu, Me Encontra lá e a DJ Nicolle Neumann. O valor da entrada é colaborativo, em que o público paga o quanto quiser.
  • Tambores de Olokun — às 16h, no Aterro do Flamengo, altura do bar Belmonte, número 300.
  • Roda de Samba dos Cata-latas do Grajaú — às 16h, no Grajaú. O evento terá roda de samba, entrega de sambas concorrentes e Bateria Treme-Terra.
  • Noites do Norte — às 17h, no Quiosque Ginga, na Avenida Atlântica, no Leme. O grupo tem repertório nortista, com guitarras, sopros e percussão.
  • Máfia do Pandolfi — das 15h às 21h, na Praia de Sepetiba, altura do número 1.408, em Sepetiba. O público estimado é de 600 pessoas.
  • Que Pena Amor — às 18h30, no Espaço Catete, na Rua do Catete, 98, na Glória. O grupo fará um ensaio aberto, com ingresso a R$ 10.

fonte oglobo.globo.com

Confira mais Notícias

Conheça os jurados do Carnaval 2024 do Grupo Especial

Carnaval de Vitória: veja o horário do desfile de cada escola de samba

Veja todos os desfiles vencedores na Sapucaí desde 1985

Liga RJ abre venda de ingressos online para desfiles da série Ouro do Carnaval de 2024

Sambão do Povo: avenida fechada para veículos para montagem do carnaval

Blocos oficiais do Rio começam a desfilar no sábado e se unem aos ‘não-oficiais’; veja lista

Rio terá 453 desfiles no carnaval de rua em 2024; 10 megablocos estão na lista da Riotur

Carnaval no Rio terá distribuição de água para foliões e uso de câmeras de identificação facial