Ouça a Rádio Ao Vivo

Zezé da Cofril nega se candidatar a prefeito e quer Ferraço ou Norma na disputa

Fotos: Divulgação

Desde que, na semana passada, o vereador Júnior Corrêa (PL) desistiu pré-candidatura a prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, as atenções se voltaram para seu pai, José Carlos Corrêa Cardoso, mais conhecido como Zezé da Cofril (PP). Entretanto, apesar de muitas especulações, ele descarta assumir o espaço que ficou vago com a saída do filho da corrida eleitoral. Seus planos e possíveis candidatos são outros. Ao menos neste momento.

Ele é vice-presidente do PP em Cachoeiro e, como tal, defende que o partido tenha candidatura própria, condição para a qual aponta dois filiados de peso: o deputado estadual Theodorico Ferraço, que foi prefeito de Cachoeiro em quatro oportunidades, ou sua esposa, a ex-deputada federal Norma Ayub, que administrou o município de Itapemirim por dois mandatos.

Segundo ele, o momento que Cachoeiro vive – que considera difícil em vários níveis – precisa da experiência do casal. O nome de Norma foi incluído na pesquisa que prospecção eleitoral que o partido promove.

Zezé, que ficou conhecido pelo nome da empresa que fundo e administra tem para si outros planos. O principal deles, ampliar a outros estados a atuação da Cofril, grande companhia do ramo de alimentos, especializada em cortes e derivados suínos. Hoje o frigoríifco tem unidades produtivas em Atílio Vicvacqua e Cachoeiro.  

Tais atividades, considera, não lhe deixam tempo para o desafio de gerir uma cidade cheia de problemas como Cachoeiro. Além de ele próprio dizer que política “não é sua área”.  Por isso, assegura, mais uma vez: “nem eu, nem Juninho seremos candidatos”.

Se não entra na corrida eleitoral, nos bastidores Zezé age com desenvoltura. Participa com desembaraço da articulação do PP e também junto ao setor produtivo.

Na quarta-feira (21), em encontro que se tornou público, recebeu na sede de sua empresa grandes empresários do setor de rochas ornamentais, que estão em sintonia com o vice-governador Ricardo Ferraço.

Após a desistência de Júnior Corrêa, que era a aposta mais provável, a pauta se concentrou em projetar cenários e na tentativa de encontrar um nome de consenso que possa representar as aspirações do setor produtivo, melhoria da infraestrutura da cidade, retomada da atratividade de empresas, dentre outros.

Nada ficou definido, mas os preferidos de Zezé da Cofril, todos já sabem.

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre