Ouça a Rádio Ao Vivo

Rio Branco vence primeiro duelo de capixabas e se classifica na Copa Verde

Rio Branco também é o atual líder do Capixabão |  Foto: Laila Pecorari/ Rio Branco

O primeiro duelo entre times capixabas na Copa Verde foi curiosamente realizado entre os atuais líder e vice-líder do Campeonato Capixaba, Rio Branco e Real Noroeste, respectivamente. E quem se saiu melhor foi o líder Capa-preta, que venceu por 2×1 na noite desta quarta-feira (28).

O primeiro tempo começou disputado, com as duas equipes criando oportunidades mas pecando na hora de finalizar, mas eventualmente o Real Noroeste acabou crescendo na partida, atuando principalmente por seu lado esquerdo com Vinícius e Alex, mas o time seguia com dificuldades na finalização.

Mas quando o Real Noroeste parecia melhor na partida, o Rio Branco reagiu. Aos 23 minutos, Aloísio faz jogada pela esquerda e cruza na cabeça de Maranhão, que manda no ângulo, mas Luiz faz grande defesa e manda para escanteio.

Porém, na jogada seguinte, Luiz até afastou o escanteio, mas a bola sobrou em Aloísio que novamente cruzou na área. A bola encobriu o goleiro, Kieza e Felipe Alves dividem de cabeça e o zagueiro acaba fazendo um gol contra. Houve reclamação de que o atacante do Rio Branco poderia estar impedido no lance, mas o juiz validou o gol.

O gol não abalou o Real Noroeste, que reagiu rapidamente: aos 33 minutos Lausen empatou a partida com uma finalização da entrada da área, sem chances para Neguete, que nem se mexeu.

O primeiro tempo seguiu movimentado após o empate: aos 35 minutos, Matheus Costa perde grande oportunidade para o Rio Branco após receber lançamento, se livrar da marcação e tentar encobrir Luiz, que fez grande defesa e mandou a bola para escanteio.

O ritmo frenético da primeira etapa seguiu, com as duas equipes revezando oportunidades mas enfrentando dificuldades para finalizar as jogadas.

Aos 15 do segundo tempo, reclamação do Rio Branco: Waldson e Kieza disputaram bola na área e houve reclamação de que o zagueiro do Real Noroeste teria tocado com a mão na bola. Kieza reclamou, mas o juiz nada marcou.

Aos 26 minutos, outra reclamação: Edinho, que entrou na segunda etapa, recebeu na área de costas para o gol. O zagueiro Felipe Alves pulou nas costas do atacante, mas o juiz novamente nada marcou.

O Rio Branco chegou novamente ao ataque aos 28 minutos, quando Augusto Potiguar bateu falta com perigo e forçou boa defesa de Luiz. No minuto seguinte, o Real Noroeste reagiu com uma finalização perigosa de Lausen, para defesa de Neguete.

Aos 35 minutos, brilhou a estrela do veterano Edinho: Ele tabelou dentro da área com Matheus Costa, driblou o goleiro e soltou uma bomba no ângulo para desempatar a partida e garantir a classificação Capa-preta.

fonte original da Tribuna Online

Confira mais Notícias

Prêmio CNA Brasil Artesanal abre inscrições para concurso de cafés especiais torrados

Funai solicita Força de Segurança Nacional para TI Uru-Eu-Wau-Wau

Brasil é campeão no Mundial de Robótica em Houston

Espírito Santo registra redução nas taxas de pobreza e extrema pobreza

Programa Acredita começa hoje e prevê facilidade aos MEIs em negociação de dívidas

Lacen confirma circulação de Febre do Oropouche no Espírito Santo

Projeto Jovem Perito da Polícia Científica está com agenda de 2024 aberta

Agricultores familiares acessam políticas públicas de comercialização e melhoram renda com apoio do Incaper