Ouça a Rádio Ao Vivo

Raça Nelore, que corresponde a 80% do gado brasileiro, ganha terreno e vira a queridinha entre produtores do Sul do Espírito Santo.

O gado bovino desempenha um papel significativo na economia brasileira e capixaba, sendo o país um dos maiores produtores e exportadores de carne bovina do mundo. O perfil do gado bovino no Brasil inclui uma diversidade de raças adaptadas às diferentes regiões do país, com destaque para o Nelore, que é a raça mais comum e amplamente utilizada na pecuária de corte devido à sua resistência e adaptabilidade a climas tropicais.

O Espírito Santo é um estado brasileiro que apresenta um perfil pecuário diversificado, embora em escala menor em comparação com outras regiões do país. A pecuária bovina no Espírito Santo é principalmente voltada para a produção de carne, com algumas áreas também dedicadas à produção de leite.

As raças de gado bovino mais comuns no Espírito Santo incluem o Nelore, Guzerá, Gir e Girolando.

O Nelore é uma raça de gado zebuíno originária da Índia, conhecida por sua adaptabilidade a climas quentes e resistência a doenças tropicais.

A raça Nelore tem uma pelagem curta e espessa, pele pigmentada e orelhas grandes e pendentes. Sua pelagem tradicional é a branca, mas existem variedades, como o Nelore Pintado. Além disso, é conhecida por sua habilidade de converter pastagem em carne de alta qualidade, sendo amplamente utilizada. O Nelore também é valorizado por sua capacidade de se reproduzir e se adaptar a diferentes condições ambientais.

AGRO . POR DIOGO VIVACQUA DE LIMA

Confira mais Notícias

Veja os próximos passos do projeto que acaba com ‘saidinha’ dos presos.

Ben$ dos candidatos

Vitória Stone Fair começa hoje e promete movimentar R$ 15 milhões

Empresários se assustaram com o reajuste dos planos coletivos de saúde

Nas fazendas localizadas no sul do estado do Espírito Santo uma técnica de biotecnologia da reprodução vem crescendo entre os pecuaristas.