Ouça a Rádio Ao Vivo

Primeira fábrica de azeite para uso coletivo na produção é inaugurada no Espírito Santo

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), esteve, na manhã desta terça-feira (20), no município de Santa Teresa, para a inauguração da Fábrica de Azeite do Lagar, a primeira fábrica do Estado para o uso coletivo na produção de azeite. Na ocasião, estiveram presentes o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Enio Bergoli, o prefeito de Santa Teresa, Kleber Medici, além de produtores rurais e lideranças comunitárias da região.

Para a instalação da fábrica, a Secretaria da Agricultura destinou cerca de R$ 600 mil para a aquisição de equipamentos utilizados na fabricação do azeite. Já a Prefeitura de Santa Teresa ficou responsável pelas adequações na infraestrutura do prédio. A capacidade de produção dessa nova agroindústria é de 100 litros de azeite por hora, com a estimativa inicial de 1.500 toneladas de olivas para a safra deste ano. A fábrica vai potencializar a produção podendo chegar até 200 mil litros de azeite produzidos.

“A fábrica é a consolidação de um arranjo que vai se atrelar ao agroturismo e gerar renda para os produtores locais. Dos 300 hectares de áreas plantadas de azeitona no Estado, cerca de 100 hectares estão aqui em Santa Teresa. A expectativa é criar oportunidade para o aumento da produtividade e rentabilidade do produtor rural, agregando valor, conhecimento e o uso de novas tecnologias para atender à demanda com as oliveiras”, pontuou o secretário Enio Bergoli.

A cultura da olivicultura tem crescido no Estado e o azeite produzido aqui começa a ganhar reconhecimento pela qualidade, tanto em nível nacional quanto internacional. Atualmente, o Espírito Santo tem, aproximadamente, 300 hectares de área plantada de azeitona, envolvendo cerca de 180 produtores, com abrangência em 20 municípios dos 23 da região serrana do Estado vocacionados para o desenvolvimento da atividade.

O presidente da Associação dos Olivicultores do Espírito Santo (Olives), Ricardo Serro, explicou a importância dessa agroindústria coletiva para os produtores regionais de azeitona. “Agradecemos, mais uma vez, a parceria entre o Governo do Espírito Santo, por meio da Seag e do Incaper, e a prefeitura de Santa Teresa. Quando a azeitona é colhida, é preciso realizar logo o processo de produção do azeite para garantir uma qualidade final superior e, por isso, essa alternativa de equipamento é fundamental. O próximo passo agora é aumentar a colheita e elevar a qualidade do produto”, afirmou ele durante a inauguração.

A Seag realiza, por meio do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), todo um trabalho de orientação e assistência técnica com os produtores que têm investido nessa atividade, buscando técnicas modernas de cultivo e produção de azeite de alta qualidade.

O Incaper deu início ao Projeto de Olivicultura no Espírito Santo em 2012, com a implantação de uma Unidade de Observação em Caldeirão, em Santa Teresa. Em 2015, o plantio de oliveiras foi difundido para outras localidades e, atualmente, abrange 20 municípios capixabas.

O foco do projeto é a produção de azeite extravirgem de baixa acidez, visando à expressão da qualidade superior do produto. O primeiro azeite capixaba de caráter experimental proveniente da Unidade de Observação foi produzido no ano de 2018 e, em 2021, foi extraído o primeiro azeite extravirgem dos plantios comerciais e o processamento já foi realizado em terras capixabas.O Estado já conta com seis marcas de azeites extravirgem, com aroma e sabor diferenciados, genuinamente capixabas.

“Apoiamos o desenvolvimento da olivicultura desde o início da introdução dessa atividade no Espírito Santo. Vamos seguir trabalhando para ampliar esse suporte aos produtores, principalmente na área de pesquisa, para indicação de variedades de oliveiras mais resistentes a pragas e que se adaptem melhor às regiões produtoras do Estado”, afirma o diretor-presidente do Incaper, Franco Fiorot.

Fonte e fotos: SEAG

fonte original do Montanhas Capixabas

Confira mais Notícias

Prêmio CNA Brasil Artesanal abre inscrições para concurso de cafés especiais torrados

Funai solicita Força de Segurança Nacional para TI Uru-Eu-Wau-Wau

Brasil é campeão no Mundial de Robótica em Houston

Espírito Santo registra redução nas taxas de pobreza e extrema pobreza

Programa Acredita começa hoje e prevê facilidade aos MEIs em negociação de dívidas

Lacen confirma circulação de Febre do Oropouche no Espírito Santo

Projeto Jovem Perito da Polícia Científica está com agenda de 2024 aberta

Agricultores familiares acessam políticas públicas de comercialização e melhoram renda com apoio do Incaper