Ouça a Rádio Ao Vivo

Prejuízo: equipamentos públicos são vandalizados em Cachoeiro

Fotos: Reprodução/Instagram

Em meio às inaugurações em Cachoeiro de Itapemirim, a Prefeitura Municipal enfrenta um entrave, os vândalos.

As praças revitalizadas são um alvo constante. Na semana passada, o prefeito Victor Coelho expôs – através de uma postagem no Instagram – a quebradeira na praça do bairro Village da Luz. Foram destruídos brinquedos do playground e equipamentos da academia.

Entre junho de 2022 e dezembro de 2023, a Secretaria de Esporte, Lazer e Qualidade de Vida (Semesp) realizou intervenções em 21 academias instaladas na sede e interior do município.

Foi realizada a troca de 76 equipamentos. Em alguns casos, foi necessário consertá-los mais de uma vez.

No mesmo período, em 23 praças com playgrounds, foi preciso intervir 123 vezes. Gangorras, escorregadores, escadas e telhados tiveram que ser reparados pela Semesp. Mas segundo o secretário municipal Ramon Silveira, que responde pela pasta, o alvo principal são os balanços. Neste brinquedo, os vândalos, além de quebrar, ainda serram as correntes.

De acordo com o setor de Comunicação da administração municipal, contudo, o principal ato de vandalismo que ocorre na cidade são as pichações em prédios públicos e privados. Apesar da constatação, não foi informado – até o fechamento desta reportagem – a quantidade de locais alvos das violações.


O secretário municipal de Esporte, Lazer e Qualidade de Vida, Ramon Silveira, alerta que os atos cometidos pelos vândalos atingem a todos os cachoeirenses.

“Os espaços danificados acabam prejudicando toda a coletividade, já que a população fica sem usufruir dos serviços e estruturas dos espaços que têm altos investimentos para oferecer bem-estar e qualidade de vida à comunidade”, conclui.

Tanto Ramon Silveira quanto o prefeito Victor Coelho afirmam que as intervenções, às vezes constantes, que precisam ser feitas, representam um desperdício de dinheiro público. Já que os locais haviam sido beneficiados com investimentos anteriormente. Além disso, outros que poderiam ser revitalizados acabam tendo que esperar para iniciar as obras.

Crime e denúncia

Destruir, inutilizar ou deteriorar bens e serviços da União, Estado e município é crime contra patrimônio público. Conforme tipificado no Artigo 163 do Código Penal.

Quem flagrar alguém cometendo vandalismo pode chamar a Polícia Militar pelo número 190. Identificado, o infrator é encaminhado para a delegacia regional de Polícia Civil.

O vândalo, prevê a lei, pode ficar encarcerado pelo período de um a seis meses ou pagar multa.

fonte original do jornal

Confira mais Notícias

Número de refugiados cresce 8% e chega a 120 milhões em todo o mundo

Central de Benefícios fechada nesta sexta-feira (21) para dedetização

Cachoeiro: Programação Religiosa da Festa de São Pedro começa hoje (20)

Deputado autor de PL do Aborto diz não abrir mão dos pontos principais do texto

CPI quer indiciamento de suspeito de matar cão no Espírito Santo

Operação reprime organização criminosa responsável por tráfico e lavagem de dinheiro no Espírito Santo

Selita inscreve para caminhada ecológica

Novo Ensino Médio é aprovado em comissão e vai ao plenário do Senado