Ouça a Rádio Ao Vivo

PMCI anuncia Casa do Autista, Caps Infantil e Centro de Especialidades Médicas

Divulgação

Na tarde de ontem (27), a Prefeitura de Cachoeiro (PMCI) realizou a apresentação de novos projetos na área da saúde que serão executados em parceria com a Faculdade Multivix.

A instituição de ensino superior mantém cursos de graduação na área da saúde e, em cooperação com a gestão municipal, atua na construção de novos equipamentos públicos para atender à população cachoeirense.

Como fruto dessa parceria, já foram entregues espaços como a Unidade de Saúde da Mulher “Dra. Glaura Moreira Santos” (Casa Rosa), o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e, recentemente, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do bairro Basileia e do distrito de Gironda.

Agora, a Prefeitura de Cachoeiro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), avança com novas iniciativas frutos dessa parceria. A apresentação dos projetos foi realizada na Escola Estadual Getúlio Vargas (Polivalente Aquidaban).

Um dos novos equipamentos públicos propostos é a Casa do Autista, que oferecerá atendimento multidisciplinar e integrado de acolhimento e tratamento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), bem como o acompanhamento das famílias.

Em seguida, foi apresentado o projeto para construção do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPSi),  destinado a crianças e adolescentes que possuem algum tipo de comprometimento psíquico.

No local, além de atendimento e acompanhamento, na área da saúde, também serão realizadas ações recreativas de acordo com a faixa etária de cada paciente, como oficinas e atividades lúdicas.

Já o terceiro projeto trata-se do Centro de Especialidades Médicas, que oferecerá consultas com médicos especialistas para a população, agilizando e facilitando os atendimentos em diversas áreas da medicina.

A expectativa é a de que as obras tenham início no primeiro quadrimestre de 2024, sob responsabilidade da Faculdade Multivix que, como contrapartida, utilizará os espaços como extensão do ambiente acadêmico, para a realização de estágios supervisionados e projetos de pesquisas científicas.

“Como gestores públicos, estamos, sempre, em busca de parcerias que nos ajudem a concretizar projetos que visem melhorar os serviços em saúde e quem ganha com isso é a população, que passa a ter uma rede de atendimento, cada vez mais, qualificada e humana”, destaca o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

“Esses projetos, quando concretizados, serão a realização de um sonho antigo, que é o de oferecermos espaços dedicados, especialmente, ao público com transtorno do espectro autista e de atendimento a crianças e adolescentes que necessitam de um acompanhamento psiquiátrico especializado, em serviços públicos, gratuitos, com um atendimento humano e de qualidade para todos”, declara o prefeito Victor Coelho.

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Prevenção contra a dengue deve ocorrer também em propriedades rurais

Mulher cai no rio Jucu após ouvir chamado de amiga falecida em Marechal Floriano

CRAS de Domingos Martins promove revisão cadastral para famílias de baixa renda

Mecanização é o caminho para a produtividade na silvicultura

Últimos dias para inscrição de trabalhos científicos acadêmicos na Favesu 2024

São Camilo: Governo garante bolsa a aprovados que tiveram matrículas canceladas

Homicídio em posto foi legítima defesa, conclui Delegacia de Marataízes

Suspeito de fingir ser policial civil é detido com arma em Alegre