Ouça a Rádio Ao Vivo

Parque Estadual Pedra Azul completa 33 anos de conservação

Jacqueline Vogt

O Parque Estadual Pedra Azul, em Domingos Martins, dono de um dos cartões postais mais bonitos e famosos do Espírito Santo, a Pedra Azul, completou 33 anos de criação. 

A Unidade de Conservação (UC) está sob gestão do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e é um dos parques mais visitados do Estado, especialmente durante o inverno.

Uma curiosidade é que a área onde está o conjunto rochoso da Pedra Azul, quase foi minerada para a construção da BR-262. Para protegê-la, além de toda a biodiversidade ao redor, o Decreto nº 312, de 31 de outubro de 1960, criou a Reserva Florestal de Pedra Azul, tornando-a área preservada. Apenas em 1991 a unidade seria nomeada Parque Estadual Pedra Azul.

Entre as principais espécies vegetais da unidade, encontram-se variedade de orquídeas, bromélias, ingás, cedros, ipês, canelas e outras. Com sorte e silêncio, alguns representantes da fauna podem ser avistados nas trilhas, como tatus, veados, iraras, arapongas, macacos barbados (bugios), saguis, serpentes, entre outros.

Para quem deseja conhecer o parque ou voltar lá, o funcionamento é de terça-feira a domingo, das 8h às 16 horas. É preciso, contudo, agendamento prévio no site (https://agenda.es.gov.br/servicos/iema). 

A visitação, limitada a 150 pessoas por dia, é gratuita.

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Seis novas espécies de insetos são descobertas no Espírito Santo

Recepção do Cachoeirense Ausente será nesta segunda-feira (24)

Confira as unidades de saúde que abrem neste sábado (22) para vacinação

Em operação na BR-101, PM apreende quase 30 kg de maconha

Suspeito de roubo é baleado e preso após esfaquear policial em Cachoeiro

Despedida de Jorge Moraes, sósia do técnico Jorge Jesus, acontece no Rio de Janeiro

Fogueira de Rio Novo cresce ainda mais e fica maior que um prédio de 8 andares

Espírito Santo é o 1º do Brasil nos investimentos à ciência e tecnologia