Ouça a Rádio Ao Vivo

O que sinalizam as mudanças no secretariado

Quem fez a leitura mais atenta do Diário Oficial do Município de Cachoeiro de Itapemirim nesta terça-feira (2) encontrou sinalizações importantes de uma gestão que se prepara para defender seu legado num ano de eleições municipais.

Há rupturas, sim. Difíceis, até.

Mas, também, sinalização clara de alinhamento de propósitos, discursos e ações em torno do projeto que administra Cachoeiro nas duas últimas gestões.

Aqui, neste texto, trataremos das mudanças com enfoque político, que terão importância fundamental em futuro próximo. A começar pelo crescimento do PSB, partido do prefeito Victor Coelho, no secretariado.

O partido tem, agora, entre interinos e definitivos, três secretários. Além do gestor da pasta de Agricultura, Élio Carlos de Miranda, ascenderam, interinamente a secretárias Thatiane Cardoso na Secretaria Municipal de Cidadania, Trabalho e Direitos Humanos, e Roselane de Araujo, no Desenvolvimento Social.

A primeira, é cara nova entre os socialistas. Filiou-se ao final do ano passado, junto com a secretária de Obras e Manutenção, Lorena Vasques, tida como pré-candidata a prefeita. Já a segunda tem história no partido, pelo qual já disputou eleições.

Nos bastidores palacianos, as medidas são encaradas como uma reaproximação do prefeito ao próprio partido, que se fortalece, também, com a ascensão de outros filiados em cargos da gestão municipal.

Existe, ainda, grande possibilidade de atração de novos nomes, como o ex-vereador Edson Fassarella, e o retorno de figuras históricas da sigla, como o ex-vereador Alexandre Bastos.

Em outra vertente, convergente, está a nomeação do ex-vereador Fabrício Ferreira Soares, o Fabrício do Zumbi, para alto cargo na estrutura da Secretaria de Governo. A escolha aponta para a aproximação com o PDT, partido pelo qual concorreu a prefeito nas eleições de 2020.

É um movimento parecido com o que ocorre em nível nacional, em que PSB e PDT se alinham em busca de resguardar seus redutos eleitorais e ampliar sua representatividade também nas câmaras municipais.

O PDT, inclusive, pode ter o reforço do ex-vereador Carlos Renato Lino, mais conhecido como Ratinho, nas articulações que já visam o pleito de outubro.

Mudanças assim causam burburinho, realinhamento de forças e expectativas. Mas parecem ser o começo de uma reformulação que não para por aí.

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

GCM de Cachoeiro apreende moto clonada no bairro Vila Rica

Polícia Militar apreende drogas em São José do Calçado

Mulher é detida com moto clonada em Jerônimo Monteiro

Força Tática detém homem com 130 pedras de crack em Alegre

ES fecha bimestre com menor número de homicídios em 28 anos

Operação policial prende quatro pessoas e apreende armas e drogas em Guaçuí

Anchieta oferece atividades para maiores de 60 anos

Integrante de facção criminosa é detido em Bom Jesus do Norte