Ouça a Rádio Ao Vivo

Nove morrem e 42 ficam feridos nas BRs capixabas no feriadão

 Foto: Divulgação

Nove mortos e 42 feridos em 34 acidentes. Esse é o trágico saldo dos quatros dias da Operação Natal, realizada pela Polícia Rodoviária Federal entre os dias 22 e 25 de dezembro nas do rodovias federais que cortam o Espírito Santo. O balanço foi divulgado na manhã desta terça-feira (26).

Os números revelam aumento na violência no trânsito. Para comparação, na operação do Dia do Trabalhador, no mês de maio deste ano, último feriado que contou com os mesmos quatro dias de operação, foram registrados dois mortos, 28 feridos e 24 acidentes.

Foi registrado neste feriado de Natal um aumento significativo no número de veículos que acessaram as rodovias federais do ES, comparando-se aos últimos feriados prolongados, sobretudo o de Finados e de Nossa Senhora Aparecida, o que, segundo a PRF, de alguma forma acabou por impactar negativamente nos números de acidentes, feridos e mortos.

Números da Operação:

– A PRF no ES fiscalizou 655 veículos, verificando a condição de documentos de 716 pessoas. Os agentes extraíram 746 autos de infrações no total, recolheram ao pátio 58 veículos e detiveram em flagrante 13 pessoas.

– Foram 183 notificações de ultrapassagem proibida, 07 notificações por embriaguez ao volante e 86 por não usar o cinto de segurança. Também foram realizados 387 testes de bafômetro.

A PRF planeja, mapeia e ocupa os locais críticos com o objetivo de garantir um trânsito mais seguro, fiscalizando de forma ostensiva, visando inibir o cometimento de infrações como o excesso de velocidade, a ultrapassagem na faixa contínua e a embriaguez ao volante, infrações essas que impactam diretamente e de forma relevante nos resultados das operações no que tange os indicativos de letalidade, gravidade e quantidade de acidentes.

Nesta Operação Natal em específico, a PRF ainda massificou a fiscalização de itens de segurança, como o capacete para motociclistas, a “cadeirinha” para o transporte de crianças e o uso do cinto de segurança para todos os ocupantes de veículos.

No entanto, para que se tenha sucesso na missão de coibir a prática de infrações, é essencial que o condutor faça a sua parte, buscando dirigir com segurança, atento às leis de trânsito, para que tenhamos um trânsito mais cidadão.

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Seis novas espécies de insetos são descobertas no Espírito Santo

Recepção do Cachoeirense Ausente será nesta segunda-feira (24)

Confira as unidades de saúde que abrem neste sábado (22) para vacinação

Em operação na BR-101, PM apreende quase 30 kg de maconha

Suspeito de roubo é baleado e preso após esfaquear policial em Cachoeiro

Despedida de Jorge Moraes, sósia do técnico Jorge Jesus, acontece no Rio de Janeiro

Fogueira de Rio Novo cresce ainda mais e fica maior que um prédio de 8 andares

Espírito Santo é o 1º do Brasil nos investimentos à ciência e tecnologia