Ouça a Rádio Ao Vivo

Ministro irá propor ainda em março o fim da modalidade Saque-aniversário do FGTS

Foto: Freepik

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, declarou que o governo planeja encaminhar ao Congresso Nacional, ainda neste mês, as propostas que visam abolir o saque-aniversário do FGTS e autorizar o uso do Fundo como garantia para empréstimos consignados, com desconto em folha.

“Isso está em construção no governo. Nós devemos, a depender de mim, no mês de março, oferecer ao Congresso Nacional em projeto de lei. Se depender de mim nós temos aí duas semanas para estar pronto para o presidente Lula poder assinar”, disse ele nesta sexta-feira (15). 

Ele relatou que trabalhadores que aderiram à modalidade estão insatisfeitos, pois não conseguem mais sacar os recursos quando são demitidos.

“Se a gente não acabar com o saque-aniversário, a gente não resolve o problema desses trabalhadores, que necessitam, desejam daquele recurso. Mas a lei criada no governo anterior impede que ele receba. Nós precisamos de mudança nessa lei”, afirmou. 

Marinho deseja facilitar a concessão de empréstimos consignados pelos bancos, sem intermediação das empresas contratantes. A medida seria oferecida por meio do FGTS Digital, uma nova ferramenta instituída em 2020 durante o governo Bolsonaro.

O saque-aniversário, criado durante esse período, permite que o trabalhador saque parte do saldo da conta do FGTS anualmente, no mês do seu aniversário. No entanto, em caso de demissão, o trabalhador só pode sacar o valor referente à multa rescisória, não o montante integral da conta.

“Estamos criando, atualizando essa tecnologia para oferecer a possibilidade, do trabalhador, das empresas privadas, da empregada doméstica, do pessoal que participa dessa formalização do mercado de trabalho tenha a possibilidade de empréstimo a partir da sua folha de pagamento, para ter uma taxa de crédito menor.”

Fonte: Portal IG

fonte original do Montanhas Capixabas

Confira mais Notícias

Leptospirose: 85 casos suspeitos da doença foram registrados em Mimoso

Roberto Carlos: maior nome da música brasileira completa 83 anos na sexta (19)

Incêndio atinge empresa em Itaoca, distrito de Cachoeiro

Escritora atacada por pit bulls recebe alta após 13 dias internada

Cachoeiro: autorizada reforma do Centro de Saúde “Paulo Pereira Gomes”

Barbeiro é detido com moto clonada em Cachoeiro

Cachoeiro: Servidor da prefeitura perde braço após acidente de trabalho

Cachoeiro recebe evento de cidades inteligentes