Ouça a Rádio Ao Vivo

Golpe de falso app do Imposto de Renda rouba dados de contribuintes

Foto: Joedson Alves/Agência Brasil

Quatro dias após o início do prazo para envio da declaração do Imposto de Renda , a Receita Federal emitiu um alerta sobre um golpe em curso, perpetrado por criminosos virtuais visando roubar dados dos contribuintes.

Nesta segunda-feira (18), a instituição destacou o surgimento de e-mails e mensagens fraudulentas disseminadas por golpistas, promovendo a instalação de um aplicativo supostamente destinado ao envio dos dados fiscais para o governo. Entretanto, o endereço fornecido é falso, direcionando o usuário à instalação de um malware, um software malicioso projetado para causar danos aos sistemas, roubar informações e até mesmo provocar lentidão nos dispositivos, seja computadores ou celulares.

Os fraudadores utilizam as mesmas plataformas de distribuição de aplicativos utilizadas pela Receita, como a PlayStore e a App Store, e os logotipos são similares aos da instituição. Porém, é essencial que os usuários estejam atentos ao desenvolvedor do aplicativo antes de realizar o download.

O desenvolvedor oficial do aplicativo “Meu Imposto de Renda” e do aplicativo da Receita Federal é a “Serviços e Informações do Brasil”, responsável pelas plataformas do governo federal. Os aplicativos oficiais podem ser obtidos através dos links fornecidos: na PlayStore (para Android) e na App Store (para iOS). É importante ressaltar que é necessário possuir uma conta ouro ou prata no portal gov.br para preencher a declaração utilizando o aplicativo. Clique aqui para saber como criar a conta e atender aos requisitos exigidos.

Já a declaração online pode ser feita por meio do portal e-CAC (Centro de Atendimento Virtual), clicando  neste link.

“O CTIR Gov enfatiza que todas as informações, orientações e programas referentes ao IRPF (Imposto de Renda de Pessoa Física) estão publicados exclusivamente no endereço oficial da Receita Federal do Brasil, disponível em https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/meu-imposto-de-renda”, informou a Receita nesta segunda-feira (18).

O fisco afirma ainda que jamais envia emails, avisos por aplicativos de mensagem (como WhatsApp ou Telegram) e celular (SMS).

“Nunca é pedido alguma informação como CPF, senha, conta bancária. As comunicações oficiais da Receita Federal orientam o contribuinte a entrar na página oficial da instituição, se autenticar e consultar suas pendências.”

Segundo o órgão, a comunicação costuma ser realizada por carta, portanto, solicita-se aos contribuintes que atualizem seus endereços. Além do aplicativo fraudulento, os golpistas empregam outras artimanhas, como e-mails ou mensagens com títulos como “urgente” ou “regularize já a sua situação”, visando criar uma sensação de urgência para a correção. Utilizam-se também o logotipo da Receita Federal ou outras imagens de órgãos governamentais para conferir maior autenticidade e induzir as pessoas a seguir as instruções fornecidas, geralmente clicando em um link ou instalando um programa.

Os golpistas também se valem do envio de SMS com as mesmas artimanhas, além de criar sites falsos que podem ser facilmente encontrados por meio de mecanismos de busca, como o Google.

O aplicativo “Meu Imposto de Renda” foi disponibilizado pela Receita Federal na última sexta-feira (15) e já foi utilizado por 11,2% dos contribuintes que já entregaram a declaração. A opção online foi escolhida por 16,2% das pessoas. Até as 18h30 desta segunda-feira, mais de 3 milhões de declarações já haviam sido entregues.

O prazo para envio teve início em 15 de março e encerra-se em 31 de maio. Após essa data, os contribuintes obrigados a enviar seus dados ao fisco estarão sujeitos a uma multa mínima de R$ 165,74, que pode alcançar até 20% do imposto devido no ano. A Receita Federal espera receber 43 milhões de declarações neste ano, superando o recorde do ano anterior, quando foram recebidas 41,1 milhões de declarações.
Fonte: Portal IG

fonte original do Montanhas Capixabas

Confira mais Notícias

Aline Lema é vice-campeã de duplas no RJ

Jibóia é resgatada de área de lazer em Vargem Alta

Secretaria de Esporte irá orientar atletas para Corrida de São Pedro

Cachoeiro: cota única do IPTU vence nesta segunda-feira (15)

Imagens e Objetos Sacros permanecem intactos após enchente no Sul do ES

Mimoso: Governador comenta sobre causas da enchente e medidas de contenção

II Festival Velho Bandido celebra Sérgio Sampaio sábado

Divulgado mapeamento das áreas afetadas por inundação em Mimoso do Sul