Ouça a Rádio Ao Vivo

Fiocruz registra avanços na pesquisa voltada ao diagnóstico seguro de Chagas

Estudo realizado por pesquisadores da  Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) sugere que o uso de antígenos quiméricos IBMP apresenta potencial promissor para o diagnóstico seguro da doença de Chagas em regiões onde os protozoários Crithidia sp. LVH-60A e Trypanosoma cruzi coexistem. A pesquisa, liderada pelo pesquisador Fred Luciano Neves Santos, do Instituto Gonçalo Moniz (Fiocruz Bahia), foi publicada no periódico Diagnostics e concentrou-se no desenvolvimento de imunoensaios precisos, método que utiliza anticorpos para identificar ou quantificar uma substância, no contexto do diagnóstico da doença de Chagas.

O objetivo da investigação foi avaliar o potencial de diagnóstico desses antígenos quiméricos para detecção da doença de Chagas em pacientes infectados com Crithidia sp. LVH-60A , um parasita que apresenta sintomas semelhantes aos da leishmaniose visceral. Foram analisados soros humanos, previamente coletados, obtidos no Biorrepositório do Laboratório de Imunologia e Biologia Molecular da Universidade Federal de Sergipe, de sete pacientes com Crithidia sp. LVH-60A e três pacientes com Leishmania infantum . Os resultados indicaram que esses antígenos IBMP apresentaram 100% de sensibilidade, com especificidade variando de 87,5% a 100%, e valores de acurácia entre 90% e 100%. Nenhuma reatividade cruzada foi observada com Crithidia sp. LVH-60A e apenas uma amostra positiva para L. infantum apresentou reatividade cruzada com a molécula IBMP-8.1.

Os pesquisadores ressaltam que métodos de diagnóstico precisos e específicos são cruciais para gerir e controlar eficazmente as doenças infecciosas. A doença de Chagas e a leishmaniose são enfermidades tropicais que frequentemente coexistem em diversas regiões geográficas do Brasil, e o diagnóstico delas pode ser um desafio devido ao potencial de reatividade cruzada nos testes sorológicos. A reatividade cruzada ocorre quando os anticorpos produzidos em resposta a um patógeno reconhecem erroneamente antígenos de outro, e pode ocasionar resultados falso-positivos ou inconclusivos.

Os desafios no diagnóstico da doença de Chagas são ainda mais ampliados quando se considera Trypanosoma rangeli , Trypanosoma evansi e outros membros da família Trypanosomatidae , incluindo os gêneros Crithidia , Herpetomonas , Blastocrithidia e Leptomonas , bem como os gêneros recém-descobertos espécies como Crithidia sp. LVH-60A . Para abordar esta lacuna de conhecimento, o estudo investigou a influência dos anticorpos anti-Crithidia sp. LVH-60A e anti- L. infantum no diagnóstico da doença de Chagas, utilizando quatro proteínas quiméricas IBMP de T. cruzi como antígenos.

Avanço no diagnóstico

A principal limitação do estudo foi o pequeno número de amostras positivas para Crithidia sp. LVH-60A analisadas. No entanto, apesar dessa insuficiência, a importância e a novidade dos dados apresentados são evidentes. Para os autores, reconhecer e compreender as reações cruzadas em testes sorológicos para a doença de Chagas são essenciais para garantir diagnósticos precisos, melhorar o atendimento ao paciente e reforçar a eficácia dos esforços de controle da doença de Chagas e doenças relacionadas.

Além disso, o conhecimento obtido apoia o aperfeiçoamento contínuo das ferramentas de diagnóstico, que podem melhorar a gestão das doenças, e, consequentemente, a vigilância epidemiológica, avançando nas metodologias de diagnóstico. Os resultados sugerem que o uso de antígenos quiméricos IBMP é promissor para o diagnóstico seguro da doença de Chagas em regiões onde Crithidia sp. LVH-60A e T. cruzi coexistem, e indicam que para confirmar as descobertas é preciso realizar investigações envolvendo um maior número de amostras positivas para Crithidia sp. LVH-60A.

Fonte: Agência Gov/ Foto: Agência Brasil

fonte original do Montanhas Capixabas

Confira mais Notícias

Seis novas espécies de insetos são descobertas no Espírito Santo

Recepção do Cachoeirense Ausente será nesta segunda-feira (24)

Confira as unidades de saúde que abrem neste sábado (22) para vacinação

Em operação na BR-101, PM apreende quase 30 kg de maconha

Suspeito de roubo é baleado e preso após esfaquear policial em Cachoeiro

Despedida de Jorge Moraes, sósia do técnico Jorge Jesus, acontece no Rio de Janeiro

Fogueira de Rio Novo cresce ainda mais e fica maior que um prédio de 8 andares

Espírito Santo é o 1º do Brasil nos investimentos à ciência e tecnologia