Ouça a Rádio Ao Vivo

Festa do Socol celebra tradição italiana nas montanhas do Espírito Santo

Produto típico italiano e que ganhou fama nacional com a produção nas montanhas capixabas, o socol tem um evento anual só para ele. E a 22ª edição da Festa do Socol será realizada entre os dias 4 e 5 de maio, em Venda Nova do Imigrante. O evento acontecerá na comunidade de Alto Bananeiras, na zona rural, ponto mais alto do município, onde a iguaria de maturação natural carrega consigo mais de um século de tradição.

O socol é um embutido cujo nome remete aos ossos do pescoço do porco. Em 2018, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) concedeu o registro de Indicação Geográfica (IG), garantindo a autenticidade desse produto à região nordeste do município de Venda Nova do Imigrante, a “Capital Nacional do Agroturismo”. Atualmente, oito famílias têm o direito do uso do selo da IG, garantindo reputação e notoriedade ao produto e atraindo o interesse de turistas de todo o país e do mundo.

E nesse contexto, a Festa do Socol começou de forma modesta e tornou-se um evento grandioso graças à comunidade unida e engajada de Alto Bananeiras. Mais de 150 voluntários trabalham incansavelmente para tornar o evento 100% beneficente, com parte dos lucros revertida para entidades locais, como as Voluntárias Pró-Hospital Padre Máximo (HPM), 10%; e Apae-VNI, outros 10%; e para melhorias na comunidade e investimentos na festa do ano seguinte (80%).

Com os recursos do evento passado, os moradores instalaram câmara fria e encanamento com gás na área da festa. “No ano passado, colocamos muitas novidades, e vamos manter o que deu certo em 2024”, destaca Hiago Falqueto, um dos coordenadores do evento.

Em 2023, a Festa do Socol atraiu um público de mais de quatro mil pessoas, que desfrutaram de dois dias repletos de atrações. Foram consumidos 300 quilos de socol, e o leilão do socol gigante e o palpite para adivinhar o tamanho da linguiça foram alguns dos destaques. Além disso, a festa contou com novidades, como a aula show no sábado com receitas à base do embutido. Foi a primeira vez que a festa contou com programação diurna no sábado.

“A Festa cresceu nos últimos anos. Passamos de 100 quilos para 300 quilos de socol em 2023, feitos pelos voluntários. Vamos manter a organização com a divisão de equipes, a sinalização no ambiente do evento para facilitar o ir e vir do público e caixas móveis para manter a qualidade dos serviços. E claro, vamos oferecer muita comida boa, a exemplo do pastel de socol e diversas bebidas”, atesta Falqueto.

O evento será realizado de frente para o Lago de Alto Bananeiras, um dos pontos turísticos de Venda Nova do Imigrante. Trata-se de uma reserva artificial de água que espelha o céu azul. Fica pertinho da Igreja Católica da comunidade e é um cenário incrível para fotos. Quem quiser pode levar o anzol, pois o lago contém várias espécies de peixe para pesca. Para chegar, pegue a rodovia BR-262 na altura do km 106 no sentido Alto Bananeiras. Deste ponto, são apenas 4,5 km de estrada de chão bem conservada.

PROGRAMAÇÃO – A Festa ocorre geralmente no sábado e domingo, de dia e à noite. A entrada é gratuita de meio-dia às 18h no sábado e, no domingo, antes da missa. A programação oficial, assim como as atrações musicais e o valor dos ingressos serão divulgados em breve.

Fonte: Calabria Comunicação

fonte original do Montanhas Capixabas

Confira mais Notícias

Seis novas espécies de insetos são descobertas no Espírito Santo

Recepção do Cachoeirense Ausente será nesta segunda-feira (24)

Confira as unidades de saúde que abrem neste sábado (22) para vacinação

Em operação na BR-101, PM apreende quase 30 kg de maconha

Suspeito de roubo é baleado e preso após esfaquear policial em Cachoeiro

Despedida de Jorge Moraes, sósia do técnico Jorge Jesus, acontece no Rio de Janeiro

Fogueira de Rio Novo cresce ainda mais e fica maior que um prédio de 8 andares

Espírito Santo é o 1º do Brasil nos investimentos à ciência e tecnologia