Ouça a Rádio Ao Vivo

“Em 30 anos, nunca vi nada parecido”, diz morador sobre chuva em Mimoso do Sul

Foto: Montagem / Folha Vitória

Lama, lixo e móveis espalhados pelas ruas da cidade. Famílias desesperadas e pessoas desaparecidas. Animais perdidos e alimentos estragados. Este é o cenário de Mimoso do Sul após a chuva devastadora do final de semana. 

Foram 19 pessoas que perderam a vida por conta das consequências da chuva e outras quase 8 mil estão fora de suas casas.

Romildo é dono de uma oficina na cidade de Mimoso do Sul e mora há 30 anos na região. Em entrevista à TV Vitória/Record na manhã desta segunda-feira (25) ele afirmou nunca ter visto tamanha destruição na cidade. 

“A situação não está fácil. Eu perdi tudo dentro de casa e a minha loja também. Em 30 anos, eu nunca vi nada parecido. Já teve enchente, mas não dessa forma, com tanta água e tão rápido. A gente ficou até sem ação. Meu carro ficou com água no teto e o carro do meu vizinho foi arrastado pela correnteza. Agora eu estou tirando as coisas que estragaram, vou esperar a água abaixar e começar a limpar”, contou.

Criança de 7 anos está desaparecida

Enquanto se prepara para o sepultamento de um ente querido, Gino Brum espera também que outra pessoa da família seja encontrada em meio aos escombro: uma criança de 7 anos.

“Moravam o marido, a esposa e os dois filhos. A barreira caiu e carregou a casa inteira. O corpo da minha prima está sendo preparado em Cachoeiro de Itapemirim para o sepultamento. O marido dela está internado, e o outro filho está com a avó. O Léozinho, de 7 anos, a gente ainda não encontrou. Está desaparecido”, contou.

Diante da situação, o morador faz um apelo para buscar toda a ajuda possível.

“É muito difícil, mas a gente tem que continuar. As coisas estão horríveis, a cidade perdeu as casas, o comércio, as pessoas estão desabrigadas. Quem puder ajudar Mimoso, ajuda. Não sabemos quando as coisas voltarão ao normal”, desabafa.

Pessoas atingidas pela chuva

Mimoso do Sul: 17 mortes, 6 desaparecidos, 12 desabrigados e 18 desalojados
Apiacá: duas mortes, 332 desabrigados e 4 mil desalojados
Bom Jesus do Norte: 64 desabrigados e 3 mil desalojados
Vargem Alta: 3 desabrigados e 269 desalojados 

fonte original do Folha Vitoria

Confira mais Notícias

Leptospirose: 85 casos suspeitos da doença foram registrados em Mimoso

Roberto Carlos: maior nome da música brasileira completa 83 anos na sexta (19)

Incêndio atinge empresa em Itaoca, distrito de Cachoeiro

Escritora atacada por pit bulls recebe alta após 13 dias internada

Cachoeiro: autorizada reforma do Centro de Saúde “Paulo Pereira Gomes”

Barbeiro é detido com moto clonada em Cachoeiro

Cachoeiro: Servidor da prefeitura perde braço após acidente de trabalho

Cachoeiro recebe evento de cidades inteligentes