Ouça a Rádio Ao Vivo

Dorival Jr. se surpreende com bom início na seleção: ‘Além do que imaginávamos’

Dorival Júnior não escondeu a surpresa com a largada acima do esperado |  Foto: Rafael Ribeiro /CBF

Há tempos que a seleção brasileira era questionada por não encarar rivais de alto quilate. E coube a Dorival Júnior a difícil tarefa de ter duas campeãs mundiais pela frente logo em sua estreia no comando da equipe nacional. Nesta terça-feira (26), após empate por 3 a 3 com a Espanha, em Madri, somado à vitória por 1 a 0 sobre a Inglaterra, o treinador não escondeu a surpresa com a largada acima do esperado.

Apesar da enorme desconfiança com os resultados, sobretudo após a convocação com muitas novidades e trocas de peças experientes por lesão, casos de Casemiro, Ederson e Martinelli, o treinador exaltou seus convocados pelo futebol e o poder de reação para buscar a igualdade no Santiago Bernabéu após sair com 2 a 0 contra e levar o 3 a 2 aos 42 do segundo tempo.

“Sempre imaginei que uma equipe tem de ter equilíbrio de jovialidade com experiência. E tudo aconteceu no mesmo momento. Tivemos selecionáveis que não puderam vir, nos reunidos há 9 dias e acredito que pelo pouco tempo, as respostas foram muito mais positivas que negativas”, afirmou Dorival Júnior, lembrando ds trocas e dos desfalques.

“Dois adversários duríssimos, complicados, que fatalmente estarão em fases decisivas da próxima Copa do Mundo, e se Deus quiser o Brasil também, e tivemos uma experiência muito importante para esse primeiro contato. Esse elenco jovem deu resposta além do que imaginávamos.”

Além de vibrar com o resultado, Dorival Júnior elogiou Endrick, contudo voltou a pregar cautela com o jovem atacante de apenas 17 anos para não queimar etapas e não jogar um peso desnecessário em suas costas.

“Acho que é um garoto que promete muito, que vem em uma crescente há algum tempo, foi o protagonista dos momentos finais do Campeonato Brasileiro do ano passado, fazendo partidas decisivas e brilhantes”, elogiou. “Temos de tomar cuidados suficientes para que tenhamos os grandes e que ele siga decisivo como vem sendo. Tem uma característica única de estar a todo momento com bom chute pela posição e sua mobilidade. E pela própria sensibilidade de área que possui. Se completar a formação tende a se tornar um jogador diferenciado.”

O treinador aproveitou para mais uma vez defender Vinícius Júnior contra o racismo que vem sofrendo na Espanha. Dorival Júnior mostrou-se preocupado com o psicológico de sua estrela e quer mais carinho para o ponta do Real Madrid seguir brilhando nos gramados.

“Sobre o racismo tudo ficou comprovado hoje (o jogador foi aplaudido). A gente pede é que as autoridades tenham uma atitude mais direta, que o Ministério Público espanhol possa atuar rapidamente quando os fatos acontecerem. Racismo não cabe a lugar nenhum, em situação nenhuma. Vinícius vem tendo um ano complicado por todas essas agressões criminosas que vem sofrendo”, disse o técnico, indignado.

“Espero que ele continue trabalhando e melhorando no seu clube a sua capacidade de se encontrar em curtos espaços, na velocidade e na execução de momentos inesperados, talvez o ponto mais positivo de sua carreira. Espero que não perca isso, o improviso, a busca por soluções rápidas que encontra caminhos para definições de resultados.”

fonte original da Tribuna Online

Confira mais Notícias

Campanha em Marechal Floriano arrecada duas carretas de doações para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul

Polícia Militar inicia Operação Colheita nos municípios das montanhas

Garantia de preço mínimo melhora renda de extrativistas de juçara no Espírito Santo

Construção de Complexo Esportivo de Santa Isabel entra na fase final

Maré meteorológica preocupa o Rio Grande do Sul: ‘Não vimos o pior cenário’

https://culturafmcastelo.com.br/mega-sena-sorteia-nesta-quinta-feira-premio-acumulado-em-r-25-milhoes/

Unidade móvel da Secretaria de Fazenda estará no Monte Cristo no sábado

Inscrições abertas para festival de quadrilhas juninas em Cachoeiro