Ouça a Rádio Ao Vivo

DER-ES anuncia conclusão das obras em 14 distritos de Santa Leopoldina

O Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES) anunciou a conclusão das obras de pavimentação e drenagem de 54 quilômetros de estradas distribuídos em 14 trechos rurais de diferentes distritos que compõem a Bacia do Rio Mangaraí, em Santa Leopoldina. Um investimento do Governo do Estado em mais de R$ 30,5 milhões.

O anúncio do fim das obras foi feito pelo próprio diretor-presidente do DER-ES, José Eustáquio de Freitas, na noite desta quinta-feira (29), na Igreja Católica do distrito de Meia Légua, durante um encontro realizado com moradores, comerciantes, lideranças e autoridades da região.

A realização da obra foi concretizada pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), em parceria com a Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan) e também o DER-ES, que assumiu e foi o responsável pela gestão e fiscalização. Os distritos contemplados, além de Meia Légua, foram: Mangaraí, Cavú, Rio do Meio, Fumaça, Holanda, Boqueirão do Santilho, Pau Amarelo, Holandinha, Tirol e Braço de Mangaraí.

As obras de pavimentação e drenagem foram realizadas em duas fases, sendo a primeira, a fase de Desenvolvimento de Projeto de Execução e uma segunda fase de execução, que obteve autorização para início somente após aprovado todo o Projeto Executivo de Obra.

O serviço foi feito dentro do prazo previsto apesar de algumas intercorrências durante o período de obras (540 dias), como, por exemplo, as fortes chuvas na região de Santa Leopoldina e adjacências em novembro e dezembro de 2022, que atingiram toda a região em que foi realizada a obra.

Freitas fez a abertura da reunião e parabenizou a comunidade pela participação e paciência durante todo o período de obras, e agradeceu aos técnicos e representantes da empresa Contek, da Cesan e do Incaper pela bela obra.

“A padronização dos dispositivos de drenagem pluvial é muito importante para que a água da chuva siga o caminho de forma correta, promovendo o devido escoamento do fluxo das águas de chuvas que ocorrem na região garantindo que sejam evitados processos erosivos e direcionando de forma correta os efluentes para os córregos e rios e minimizando a ocorrência de pontos de alagamentos, que eram frequentes antes da execução das obras”, afirmou.

Os moradores também elogiaram e agradeceram o investimento do Governo do Estado. “Essa obra é muito importante para as comunidades, principalmente quando precisamos socorrer alguém até o hospital. Outra vantagem e melhoria foi o escoamento da nossa produção até a Ceasa. A obra é uma coisa divina. Foi feito um trabalho excelente, sobretudo nos morros. Nós ficamos muito bem e só temos a agradecer ao nosso governador Casagrande e a todos que executaram essas obra”, disse o produtor rural Adelfo Pereira Sabino.

Saiba mais

  • – 54 quilômetros de obras
  • – 14 trechos rurais de distritos que compõem a Bacia do Rio Mangaraí – Santa Leopoldina
  • – 3.622,00 metros de rede de drenagem pluvial
  • – 45 quilômetros de pavimentação de Revsol
  • – 46.000,00 metros quadrados pavimentação em blocos de concreto
  • – 360.000,00 metros quadrados revegetação por hidrossemeadura

Fonte: Assessoria de Comunicação do DER-ES

fonte original do Montanhas Capixabas

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre