Ouça a Rádio Ao Vivo

Demolição de posto é acelerada em Cachoeiro

Foto: Internauta.

No mesmo dia em que o Jornal FATO publicou reportagem sobre a lenta demolição do Posto Oásis, no bairro Guandu, o serviço foi acelerado.
Se ainda havia algumas paredes de pé na estrutura de alvenaria, elas foram derrubadas por máquinas na tarde desta quarta-feira (12).
Apenas a cobertura do pátio, onde ficam as bombas permanecia no local, cercada por entulhos, no fim da tarde.
Após longa batalha judicial, a Prefeitura de Cachoeiro conseguiu, em maio, a ordem de reintegração de posse do espaço até então ocupado pelo posto, erguido sobre praça pública há seis décadas.
Desde 2015 a concessão do local havia expirado. Assim, tanto o posto como os estabelecimentos agregados ficaram irregulares por nove anos.
Com a ordem judicial, a Prefeitura, agora, pretende fazer o local voltar a ser efetivamente uma praça – Dr Luiz Tinoco da Fonseca.
Além disso, a demolição deve facilitar o avanço das obras de macrodrenagem, em seu trecho final, já que as edificações ficavam no caminho.

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre