Ouça a Rádio Ao Vivo

Curso técnico em restaurante e bar com vagas abertas para região turística sulina

 Divulgação

O Governo do Estado anunciou esta semana uma parceria para ampliar a oferta de qualificação profissional para atuação em bares e restaurantes na região turística da Rota da Costa e da Imigração, em cursos da Escola Família Turismo Pietrogrande (EFTUR). 

Com investimento de R$ 450 mil, o termo de fomento foi celebrado entre a Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti) e o Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (MEPES).

A região turística inclui oito municípios do sul capixaba (Alfredo Chaves, Anchieta, Iconha, Itapemirim, Marataízes, Piúma, Presidente Kennedy e Rio Novo do Sul), além de cidades do entorno. 

Nos últimos anos, a região experimentou não apenas o aumento da diversidade de estabelecimentos, mas também a expansão de eventos gastronômicos de grande porte, observa a Secti. 

O Curso Técnico em Restaurante e Bar foi aprovado pelo Conselho Estadual de Educação em 2010, sendo oferecido regularmente desde então. Já foram atendidos 400 alunos e este ano teve início a 19ª turma. Serão oferecidas à comunidade vagas para duas turmas: uma no horário vespertino e outra no horário noturno. O curso tem duração de um ano, com aulas presenciais de segunda a sexta-feira. Para participar, é preciso ter o Ensino Médio completo ou estar no último ano.

As inscrições estão oficialmente abertas, e os interessados podem obter mais informações sobre o processo e detalhes do curso entrando em contato pelo Telefone/whatsapp (28) 99883-0870, ou e-mail  ([email protected]). Mais detalhes: Instagram (eftur.es), website (mepes.org.br/eftur).

“É muito importante fortalecer este trabalho de formação profissional em nosso Estado. Temos várias portas de entrada hoje para o mundo da qualificação. Cito como exemplos: os cursos do Qualificar ES, que teve a formatura de quatro mil pessoas somente no fim do ano passado; e as vagas de graduação do Programa Nossa Bolsa, que oferece oportunidades em vários cursos em instituições de ensino em 14 municípios. Além disso, temos a oferta de formação em nossas escolas da Rede Estadual, além dessas parcerias, como a que estamos realizando na Escola Família Turismo”, enumera o governador Renato Casagrande.

Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Bruno Lamas reforça a importância do curso. “Ao investir na formação técnica nesta área vital, estamos não apenas elevando o padrão educacional, mas também impulsionando a economia local. A gastronomia desempenha um papel crucial na identidade cultural da região. Ao capacitar profissionais qualificados, estamos fortalecendo não só a oferta gastronômica, mas também criando oportunidades de emprego”, pontua Lamas.

“Estamos contentes por poder celebrar essa parceria e quero agradecer ao secretário e toda a sua equipe por proporcionarem e concretizarem essa colaboração. Hoje, aqui no Palácio Anchieta, na presença do governador, de vários deputados, prefeitos e lideranças do MEPES, assinamos mais uma parceria com o Governo do Estado. Destaco ainda a participação de diretores, professores e ex-alunos do projeto. Todos fundamentais no desenvolvimento e sucesso dessa iniciativa ao longo do tempo”, declarou o superintendente do MEPES, Idalgizo José Monequi.

A coordenadora administrativa da EFTUR, Eliza Venzi, explicou que a instituição segue o modelo educativo baseado na ligação entre a escola, a comunidade e o meio para a vivência sócio-profissional do aluno. 

“O objetivo é desenvolver profissionais conscientes e capacitados para participar do crescimento social e contribuir para transformar o meio em que vive. Pretende-se também que o educando aprenda a enxergar as oportunidades em seu meio e tirar dele seu sustento”, completa.

A Escola Família Turismo Pietrogrande está integrada à rede MEPES, uma entidade comunitária filantrópica, fundada em 1968 com a finalidade de desenvolver ações de promoção integral da pessoa e de desenvolvimento socioeconômico por meio da saúde, educação e ação social, em vista de assegurar melhores condições de vida à população, principalmente a do campo.

A missão da EFTUR baseia-se na utilização da atividade do turismo como vetor de encontro de culturas e intercâmbio de conhecimentos, através da formação técnica dentro de uma visão humanística, globalizada e multidisciplinar, buscando a mudança de comportamento da comunidade, a melhoria da qualidade de vida e do seu desenvolvimento. A EFTUR foi criada para ser uma escola regional e contribuir com o desenvolvimento do turismo no litoral sul capixaba; hoje, conhecido como Rota da Costa e da Imigração. Iniciou seu funcionamento no município de Piúma.

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre