Ouça a Rádio Ao Vivo

Conheça os programas do Senar-ES que levam conhecimento para produtores rurais

Com o intuito de aprimorar a vivência e experiência no campo, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES), em parceria com a Federação de Agricultura e Sindicatos Rurais, leva capacitações profissionais ao público rural. As formas de aprendizagem são divididas em quatro programas: Formação Técnica (e-Tec), Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), Formação Profissional Rural (FPR) e Atividades de Promoção Social (PS). 

E-Tec – Reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), a e-Tec é a formação técnica do Senar que oferta cursos de nível médio com atividades semipresenciais. 

Com o foco de impulsionar quem busca se posicionar no mercado de trabalho e no Agronegócio, a e-Tec conta com cinco opções de cursos: Agricultura, Agronegócio, Fruticultura, Florestas e Zootecnia. 

O curso de Agricultura é novidade, as primeiras turmas iniciarão em março de 2024,  enquanto os de Agronegócio, Zootecnia e Fruticultura já são ofertadas pelo Senar-ES há um tempo. O curso técnico em Floresta ainda não foi ofertado no estado.

Os tutores presenciais acompanham os alunos nas aulas teóricas e práticas que acontecem nos Polos de Ensino, já na plataforma online eles são assistidos por monitores, mediares e Tutores EaD. No fim do programa, os alunos recebem o diploma de habilitação técnica, reconhecido pelo MEC.

Os cursos de Agricultura, Agronegócio, Florestas e Zootecnia têm duração de 2 anos, enquanto Fruticultura dura 2 anos e meio.

ATEG – A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) acompanha o produtor individualmente durante dois anos e quatro meses. Com visitas mensais de quatro horas em cada propriedade, o serviço gratuito oferecido tem o foco na gestão, geração de renda e na melhoria de produção, baseado em cinco ações:

  1. Diagnóstico produtivo individualizado;
  2. Planejamento estratégico;
  3. Adequação tecnológica;
  4. Capacitação profissional complementar;
  5. Avaliação sistemática de resultados.

FORMAÇÃO PROFISSIONAL RURAL – Dedicado a pessoas do campo, a Formação Profissional Rural (FPR) funciona no formato presencial, à distância ou híbrido (com aulas presenciais e EaD). No Espírito Santo, atualmente, possuem mais de 100 opções de cursos disponibilizados gratuitamente, que auxiliam na profissionalização do público do meio rural.

O formato EaD ainda permite que mais pessoas sejam alcançadas, consequentemente aumentando a produtividade, a qualidade de vida e a renda desses produtores.

A duração de cada treinamento varia entre 2 e 75 dias, com carga horária de 16 a 54 horas, dependendo do curso escolhido. No momento, são 115 cursos com matrículas abertas.

Entre as opções de Formação Profissional existem os cursos com ou sem o acompanhamento de um tutor, que podem ser feitos pelo aplicativo do Senar EaD, além dos treinamentos por WhatsApp.

São 15 categorias com diversos cursos relacionados. Uma das categorias é de Construções Rurais, que possui cursos de Proteção de Nascentes, Manejo Produtivo de Apicultura e Gestão da Atividade Agropecuária: Custos de Produção.

Outro exemplo é o de Administração Rural, com cursos de Atendimento ao Cliente para Produtores Rurais, Administração Rural e Busca por Resultados e Segurança Rural.

Já a categoria de Produção Animal conta com cursos como o de Manejo Racional e Bem-estar de Bovinos, Inseminação Artificial em Tempo Fixo e de Manejo de Cavalos.

Todos esses exemplos são cursos de Ensino à Distância, feitos sem tutoria, com aulas por aplicativo ou WhatsApp. Ou seja, o público rural de todo o Brasil pode fazer.

Acesse ead.senar.org.br/senar-play e saiba mais.

ATIVIDADES DE PROMOÇÃO SOCIAL – As atividades de Promoção Social são aquelas com enfoque educativo, que leva conhecimento, mudanças de atitudes e habilidades pessoais aos produtores rurais e às suas famílias.

Ao desenvolver novas aptidões, o público rural garante maior participação na vida comunitária, além de despertar consciência crítica e, principalmente, provocar uma melhoria na qualidade de vida como cidadãos.

Sempre voltadas para a educação, as atividades de promoção social abordam temas como o empoderamento, a sustentabilidade, o respeito às diversidades, a inclusão social e digital, a organização comunitária, o consumo consciente, a solidariedade, o exercício da cidadania, o protagonismo e o autoconhecimento.

Confira as áreas de atividades de Promoção Social do Senar do Espírito Santo:

  • Alimentação e Nutrição;
  • Apoio às Comunidades Rurais;
  • Artesanato;
  • Educação;
  • Organização Comunitária;
  • Saúde.

As atividades de Promoção Social possuem caráter educativo e preventivo, estão enquadradas na modalidade de educação não formal e devem ter continuidade.

MISSÃO DO SENAR – O Senar possui a missão de realizar ações educacionais, contribuindo para o desenvolvimento do produtor e do trabalhador rural brasileiro com foco na produção sustentável, na inovação e na valorização das pessoas do campo.

Sendo assim, a cada ano, o Senar atende milhares de brasileiros no campo gratuitamente, promovendo a qualificação e o aumento da renda, por meio de cursos que englobam cerca de 300 profissões nas diversas áreas do agronegócio.

Para o primeiro trimestre de 2024, a estimativa é que as ações do Senar-ES alcancem um público de mais de 3 mil pessoas.

Fonte: Assessoria de Comunicação Faes / Senar-ES

fonte original do Montanhas Capixabas

Confira mais Notícias

Leptospirose: 85 casos suspeitos da doença foram registrados em Mimoso

Roberto Carlos: maior nome da música brasileira completa 83 anos na sexta (19)

Incêndio atinge empresa em Itaoca, distrito de Cachoeiro

Escritora atacada por pit bulls recebe alta após 13 dias internada

Cachoeiro: autorizada reforma do Centro de Saúde “Paulo Pereira Gomes”

Barbeiro é detido com moto clonada em Cachoeiro

Cachoeiro: Servidor da prefeitura perde braço após acidente de trabalho

Cachoeiro recebe evento de cidades inteligentes