Ouça a Rádio Ao Vivo

Chuvas: Governador e prefeitos alinham ações de recuperação dos municípios

O governador do Estado, Renato Casagrande, liderou, nesta quinta-feira (28), uma reunião de alinhamento com prefeitos e representantes de Secretarias e Órgãos do Estado para avançar nas ações de recuperação dos municípios afetados pelas fortes chuvas do último fim de semana. Desde o início da madrugada de sábado (23), o Estado atua no atendimento às vítimas, no envio de donativos e no apoio às Prefeituras na recuperação da infraestrutura.

Participaram do encontro representantes das Secretarias do Governo (SEG); da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag); de Direitos Humanos (SEDH); de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades); de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb); Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espírito Santo (DER-ES); Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes): Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES), Defesas Civis Estadual e Nacional; e da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes).

“Nossa equipe de governo está presente em todos os municípios atingidos desde o primeiro dia. Eu estive presente em vários dos municípios atingidos. Quero reafirmar a todos que estamos à disposição, ao lado daqueles que perderam um familiar ou que perdeu o patrimônio construído em anos. Estamos focados agora na limpeza das cidades, mas vamos fazer um esforço para levantar os beneficiários do CadÚnico para que possamos iniciar os pagamentos do Cartão Reconstrução. Também colocamos nossos colaboradores dos bancos estaduais nas cidades para que possamos já agilizar a ajuda financeira aos empreendedores”, afirmou o governador Casagrande.

A secretária de Estado do Governo, Maria Emanuela Alves Pedroso, destacou o trabalho de toda a estrutura do Governo do Estado, desde o último sábado, em meio à destruição causada pelas fortes chuvas que atingiram a região. “De imediato, o governador orientou e enviamos equipamentos e equipes para o trabalho emergencial que contou também com a ajuda das gestões municipais e de voluntários”, disse, reforçando que o trabalho segue sem parar, para viabilizar o que for necessário para restabelecer o mínimo necessário aos municípios e auxiliar a população.

O secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli, e o diretor-presidente do DER-ES, José Eustáquio Freitas, falaram sobre as medidas que vêm sendo realizadas com foco na recuperação de áreas agrícolas, estradas e pontes destruídas pela força das águas. Os órgãos estão em campo com suas equipes técnicas e máquinas, promovendo levantamento dos prejuízos e ações para o restabelecimento do tráfego onde há obstrução pela destruição gerada pela força da chuva.

Força-tarefa

Já o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Washington, e sua equipe – que também se mantêm em atuação nas áreas atingidas, juntamente com o Corpo de Bombeiros -, disse que uma “força-tarefa” está atuando no órgão para agilizar os processos referentes à solicitação de recursos a ser feita pelas prefeituras, visando à realização das obras de reconstrução das cidades. 

O diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres na Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional, Armin Braun, salientou a elaboração dos planos de trabalho para a reconstrução dos municípios, com a devida inserção no sistema, para posterior liberação de recursos pelo Governo Federal. Segundo ele, dois engenheiros da União já estão no Espírito Santo, dando o apoio nesse sentido, em alinhamento com prefeituras e a Defesa Civil Estadual.

As secretárias de Direitos Humanos, Nara Borgo, e de Trabalho e Assistência Social, Cyntia Grillo, expuseram o trabalho de ajuda humanitária dos moradores atingidos pelas fortes chuvas, com entrega de produtos adquiridos pelo Governo Estadual e também por meio de doações feitas pela população. 

Durante a reunião, prefeitos e o presidente da Amunes, Luciano Pingo, destacaram a importância do apoio do Governo do Estado. Pingo também agradeceu aos prefeitos dos municípios capixabas que, de forma solidária, enviaram ajuda às cidades atingidas pela tragédia que provocou perdas de vidas, além de grandes prejuízos materiais.

Estão em situação de emergência os municípios de Alegre, Alfredo Chaves, Apiacá, Atílio Vivácqua, Bom Jesus do Norte, Guaçuí, Jerônimo Monteiro, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vargem Alta.

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Leptospirose: 85 casos suspeitos da doença foram registrados em Mimoso

Roberto Carlos: maior nome da música brasileira completa 83 anos na sexta (19)

Incêndio atinge empresa em Itaoca, distrito de Cachoeiro

Escritora atacada por pit bulls recebe alta após 13 dias internada

Cachoeiro: autorizada reforma do Centro de Saúde “Paulo Pereira Gomes”

Barbeiro é detido com moto clonada em Cachoeiro

Cachoeiro: Servidor da prefeitura perde braço após acidente de trabalho

Cachoeiro recebe evento de cidades inteligentes