Ouça a Rádio Ao Vivo

Casal é encontrado morto em estado de decomposição e com sinais de violência em Castelo

Um casal identificado como Marciana de Oliveira, de 38 anos, e o companheiro dela, Gregory Vinícius de Souza, de 35, foram encontrados mortos dentro da casa onde moravam, e já em estado de decomposição, na noite desta segunda-feira (10), no bairro Volta Redonda, na cidade de Castelo, no Sul do Espírito Santo. Os cadáveres, segundo a Polícia Militar, possuíam sinais de violência.

De acordo com a PM, policiais foram acionados para irem ao bairro Volta Redonda, em Castelo, para averiguar uma possível ocorrência de encontro de cadáver. No local, a equipe manteve contato com o solicitante, que informou que ao chegar em casa por volta das 21h, sentiu forte odor no corredor do prédio e que acreditava que o mau cheiro seria proveniente do apartamento vizinho.

O homem disse aos policiais que chamou pelos moradores, porém não obteve resposta, porém percebeu que as luzes do apartamento estavam acesas. Sendo assim, ele decidiu verificar o interior do apartamento através de uma clarabóia existente na edificação, constatando a presença de uma pessoa caída no solo do apartamento vizinho. Segundo o solicitante, havia manchas de sangue no piso do imóvel, motivo pelo qual solicitou o apoio da Polícia Militar.

No local, os militares constataram a veracidade dos fatos visualizando o que aparentava ser o braço de uma pessoa caída ao solo e sinais de sangramento. Conforme a corporação, imediatamente, foi feito contato com um dos proprietários do prédio a fim de permitir o acesso dos militares ao imóvel. O homem tentou abrir a porta do apartamento com uma de suas chaves, contudo, não obteve êxito. Deste modo, permitiu que os militares arrombassem da porta do apartamento, sendo constatado que havia dois cadáveres na copa do apartamento, um do sexo masculino e outro do sexo feminino, já em estado de decomposição e com perfurações de arma de fogo.

No bolso da bermuda do homem, foi encontrado um pino de cocaína. Já ao lado do braço esquerdo a mulher havia uma pistola calibre .9mm com quatro munições intactas e uma deflagrada. No apartamento, os policiais encontraram uma balança de precisão, pilhas, pinos vazios, um pino de cocaína, certa quantidade de pasta base de cocaína no interior de uma sacola plástica e dois aparelhos celulares. Todos os objetos foram apreendidos.

A Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Delegacia de Polícia (DP) de Castelo, e que até o momento nenhum suspeito foi detido. Os corpos das vítimas, ambos com sinais de violência e em estado de decomposição, foram encaminhados pela perícia da Polícia Científica para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, onde passarão pelo processo de necropsia. Posteriormente serão liberados para familiares.

Informações podem ser compartilhadas de forma sigilosa por meio do Disque-denúncia (181), que é uma linha de contato gratuita, disponível em todos os municípios do Estado. As informações passadas pela comunidade podem ser cruciais para o avanço das investigações.

Informações Rede Notícia

fonte original do Diarioes

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre