Ouça a Rádio Ao Vivo

Casa onde Rubem Braga cresceu tem exposição especial aberta à visitação

Janeiro é o mês de nascimento de uma das personalidades mais ilustres de Cachoeiro: Rubem Braga, a maior referência em crônicas da literatura brasileira. Para aqueles que desejam conhecer um pouco sobre a história do escritor, uma excelente opção é visitar a casa na qual viveu sua infância.

Localizada na rua Vinte e Cinco de Março, Centro da cidade, o casarão verde se destaca. Construído em 1906, o imóvel foi adquirido, anos mais tarde, por Francisco de Carvalho Braga, primeiro prefeito da cidade e pai de sete filhos, entre eles Rubem e o também escritor Newton Braga (1911-1962).

O Centro Cultural, atualmente, abriga um importante e vasto acervo da família, como móveis originais, documentos, fotografias, livros e muitos outros itens que celebram seus antigos moradores e sua herança cultural para Cachoeiro.

Entre os diversos registros históricos, estão reproduções de desenhos e quadros dedicados a Rubem Braga ou criados como ilustrações de suas crônicas. São imagens de Djanira, Di Cavalcanti, Dorival Caymmi, Cândido Portinari e outros nomes de grande relevância no cenário artístico nacional e internacional.

Além disso, os visitantes também podem conferir, no local, uma estátua do cronista em tamanho real, feita com papel machê, reproduzindo, com fidelidade, sua fisionomia.

Deste mês até março, no primeiro pavimento em frente à Praça da Poesia, está a exposição do “Braganiano”, ação de homenagem a Rubem Braga.

Neste ano, na mostra “Trilhos de Palavras”, o visitante poderá ver a história da família Braga se desenvolvendo junto com a cidade e a expansão da ferrovia – duas potências que deram destaque e visibilidade, no cenário nacional, para Cachoeiro. A mostra estará aberta ao público, até março, de segunda a sexta, das 8h às 18h, com entrada gratuita.

O público pode, também, visitar a casa, gratuitamente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

No imóvel, servidores da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) de Cachoeiro esclarecem dúvidas e apresentam o acervo aos visitantes.

Para grupos com grande quantidade de pessoas, a Semcult orienta o agendamento da visita, o que pode ser feito pelo e-mails casadosbraga.cachoeiro@gmail.com.

fonte original do Dia a Dia ES

Confira mais Notícias

Seis novas espécies de insetos são descobertas no Espírito Santo

Recepção do Cachoeirense Ausente será nesta segunda-feira (24)

Confira as unidades de saúde que abrem neste sábado (22) para vacinação

Em operação na BR-101, PM apreende quase 30 kg de maconha

Suspeito de roubo é baleado e preso após esfaquear policial em Cachoeiro

Despedida de Jorge Moraes, sósia do técnico Jorge Jesus, acontece no Rio de Janeiro

Fogueira de Rio Novo cresce ainda mais e fica maior que um prédio de 8 andares

Espírito Santo é o 1º do Brasil nos investimentos à ciência e tecnologia