Ouça a Rádio Ao Vivo

Antiga sede da Caixa Econômica no centro invadida e depredada

Reprodução

Desde que a agência principal da Caixa Econômica Federal em Cachoeiro de Itapemirim foi transferida para o bairro Gilberto Machado, há cerca de quatro meses, comerciantes da Praça Jerônimo Monteiro têm notado um problema no local: a ocupação da área frontal do imóvel, que aparenta estar abandonado, por moradores de rua, mesmo durante o dia. 

E o que é bem pior: há relatos de que, já há algum tempo, o prédio tem sido invadido tendo como ponto de acesso o Rio Itapemirim e está sendo depredado. Ninguém, contudo, soube dizer quem é o proprietário.  

Vizinhos, inclusive, registraram recentemente em vídeo cenas da invasão, capturadas da avenida na margem oposta. 

Alarmada com o barulho da quebradeira à noite nos últimos dias no interior do imóvel, a proprietária da concorrida cafeteria que funciona ao lado, que pede para ficar anônima, revela à reportagem do ES de FATO: “passamos o fim de semana preocupados, achando que estavam quebrando a parede para entrar aqui”.   

Da Ponte Carim Tanure é possível perceber que o prédio encontra-se sem as antigas vidraças voltadas para o rio, com janelas quebradas e até rombos em paredes, completamente vulnerável. 

fonte original do Jornal Fato

Confira mais Notícias

Sem capacete, meninas são flagradas pela GCM trafegando com moto

Situação e oposição fazem convenções no mesmo dia em Marataízes

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Ondas de calor e veranicos: Diferenças, impactos e cuidados

Veja a previsão do tempo de hoje (22/07/2024)

Fungos estão se adaptando ao calor corporal, diz estudo

Semana de início das Olimpíadas tem dia do escritor e avós

Pega em flagrante ameaçando pessoas, dupla armada é detida em Alegre